Make your own free website on Tripod.com
Levantando-o e tirando-o da hitória
Estudos e Mensagens

Home

Apocalipse 4-parte I | Apocalipse quatro parte2 | O Terceiro êxodo | Um dos Homens mais insignificante | Porque é tão dificil viver uma vida cristã | Perg.e Resp.Sobre Gênesis | O SEGUNDO MILAGRE | tempo de decisão | EU RESTAURAREI | EU SEI | Israel em Cades-BarnÈia | A MARCA DA BESTA | Levantando-o e tirando-o da hitória | UM PROFETA ENVERGONHADO | REFLEXÕES WILLIAM BRANHAM | CONFERÊNCIA COM DEUS | DISCERNINDO O CORPO DO SENHOR

Levantando e tirando-O da História

1º de Outubro de 1958 - à noite.
Tabernáculo Branham
Jeffersonville, Indiana E.U.A.
Obrigado, Irmão Neville. Boa noite amigos. Verdadeiramente é um... Considero um
grande privilégio estar aqui no tabernáculo, nesta noite, para começar outra vez uma
série de cinco noites de reuniões. Tem passado algum tempo desde que tive um
avivamento aqui no tabernáculo. Nunca o anunciamos nos jornais, ou algo assim, porque
sabíamos que não teríamos suficiente lugar para comportar as pessoas assentadas,
porque é pequeno, e nossa área para assentos é muito reduzida. Porém faremos tudo o
que pudermos para acomodá-las.
2 Íamos conseguir o ginásio da escola preparatória aqui, e então poderíamos
anunciar, porém é temporada de escola agora, e é algo difícil de conseguir. E sairei muito
breve, creio eu, para minhas missões e demais, a ultramar. E desejei nos reunir para ter
um pequeno companheirismo com todos vocês antes de regressar outra vez. Vocês sabem,
nos reunimos, de vez em quando, e em uma dessas vezes, vamos nos reunir pela última
vez. Assim que, queremos - queremos manter-nos tão próximos quanto podemos do
Senhor e Sua Palavra, e enquanto vemos Sua Palavra revelando-se por Si mesma, dia
após dia, dia após dia... Eu pensei que seria bom que tivéssemos uma pequena reunião
aqui, e logo oraríamos pelos enfermos.
3 E me foi dito, há algum tempo atrás, por uma visão que o Senhor me deu, há alguns
anos, suponho, ou talvez um pouquinho mais... Eu tenho isso escrito em um livro em
casa, da mudança de um ministério. Muitos de vocês sentados aqui, não diria muitos,
porém vocês se recordam quando construímos este tabernáculo? Vocês se lembram da
visão que veio na manhã que colocamos a pedra angular ali, quando Ele disse: “Esse não
é teu tabernáculo. Me pôs debaixo dos céus” e disse, me disse as diferentes coisas que
sucederíam. Se vocês notarem, verão suceder exatamente como foi dito. Vêem? E sempre
tem sido dessa maneira. Assim que, portanto, eu descanso seguramente no que Ele
disse, é Deus, e isso tem que ser a verdade.
4 E então há algum tempo atrás, eu estava em uma visão e vi uma grande tenda. Oh,
isso foi um grande acontecimento. E ao terminar de falar, muitas almas foram ao altar, e
eles estavam amavelmente com suas mãos levantadas, chorando quieta e suavemente.
Um homem com voz aprazível e agradável, saiu na plataforma e disse: “Agora eles
formarão a fila de oração enquanto o Irmão Branham está se preparando”. E eu estava
parado de tal maneira, é claro, que a fila de oração estaria à minha esquerda. Eu notei um
aglomerado de gente que parecia que alcançava uma quadra da cidade, ou mais, que
estavam parados em fila.
5 Havia um pequeno edifício, um edifício de madeira, dentro desta tenda. E havia
uma mulher parada lá, ou um homem, anotando nomes. E as pessoas estavam entrando
tudo o que estava sucedendo ali dentro. E logo o anjo do Senhor, Cuja fotografia vocês
vêem aqui, se distanciou de mim e foi e parou sobre o pequeno edifício, e ficou ali, logo
baixou. E uma voz falou e disse: “Eu te encontrarei nesse lugar”. Bem, agora eu tenho
esperado ansiosamente por este momento. Tenho estado fora por algum tempo até agora,
descansando devido a sobrecarga de trabalho. Eu voltei, e no fim da semana passada,
tivemos aqui um pequeno, algo de doutrina da igreja por três noites aqui. Isso foi, no
sábado passado a noite, domingo pela manhã, e domingo a noite, antes desta reunião,
algo como sacudir à igreja e colocá-la em condição, para que pudéssemos continuar
adiante com esta reunião, que está em progresso agora. E logo, imediatamente depois
disto, no domingo pela noite será minha noite de despedida para o tabernáculo por
algum tempo, até onde eu sei.
6 E agora, estou esperando e confiando em Deus, que em algum momento durante
esta semana, eu possa usar este pequeno quarto aqui para um quarto de oração, e
colocar o enfermo e o aflito ali, e ver se Ele me encontrará, e começar no tabernáculo
outra vez, um novo ministério. Em verdade eu gostaria de ver isso em operação. Eu não
sei o que é isto, meus amigos. Eu não tenho nenhuma idéia do que será, mas Ele quem
ouve agora, eu confio de que será algo maior para ajudar a Seus pobres, enfermos, filhos
sofridos deste dia. Eu prometi a Ele que eu seria fiel e leal, e tratarei de ser mais leal do
que eu era com os outros dons que Ele me tem dado. E se chegar a suceder, será tão real
como tem sido os outros. Agora esses outros dons estão todavia tão firmes como foram.
Vê? Porém eu estou esperando ansiosamente por algo novo que suceda agora. E eu
espero que suceda aqui.
7 Agora, eu pensei que talvez nesta noite, falaríamos e veríamos como me sinto. E
outra coisa que quis dizer, quis tratar de averiguar, quando entramos pela primeira vez,
se eu pudesse enviar minha esposa ali, e permiti-la estar comigo quando isso descer
pela primeira vez, para ver se isso será dessa maneira. Se não, então, ao passar as
mulheres traremos duas de cada vez, duas mulheres a cada vez, passando. Assim que,
não estou dizendo que funcionará de uma ou outra maneira. Simplesmente para que
vocês saibam, porque já tem sido dito que estamos buscando por algo novo que suceda,
e estamos. Porém eu não estou dizendo que Ele me disse que sucederia. E onde eu vi a
visão foi em uma tenda. Mas é claro que isso poderia suceder em qualquer lugar, em
qualquer momento. Assim estamos esperando por isto.
8 Agora, vamos tratar de deixá-los sair mais cedo--o serviço de louvores, uma meia
hora, e o serviço de pregação, e o serviço de altar, e assim por diante, aproximadamente
uma hora, o qual fará uma hora e meia, para que as pessoas que estão de pé não estejam
amontoadas, e regressem amanhã pela noite. Agora, antes de abrirmos esta bendita
Palavra antiga, e lhes asseguraremos, que nunca diremos nada fora do que Nela está,
porque Ela é o fundamento. E antes que o façamos, inclinemos nossas cabeças, um
momento, para uma palavra de oração.
9 Querido Deus, enquanto estamos parados em Tua Presença, e estando conscientes
de nossos corpos frágeis, que simplesmente somos o pó da terra, Tú nos tem trazido
como seres viventes, para honrar e glorificar-Te, e compreendemos que nossas vidas e
03 04
nosso destino descansa em Tuas mãos benditas. E temos encomendado a nós mesmos,
por fé, em Tuas mãos, esperando que nosso Eterno destino nos será dado, para viver
Contigo para sempre em um mundo melhor, onde nunca teremos que orar pelo enfermo e
o necessitado. Não haverá nunca uma lágrima rolando em nossa face. Nunca haverá uma
pessoa débil, enrugada e velha, senão que seremos jovens ali para sempre, e a glória de
Deus será sobre nós. E não necessitamos curas, porque seremos eternamente sãos,
quando esta criatura que somos agora for mudada e feita um corpo como Seu próprio
glorioso corpo. Então veremos a Ele como Ele é. Até que essa hora gloriosa de irmos,
chegue a cada um de nós, desejamos nos esforçar o melhor que sabemos, para glorificar
Teu grande Nome, com uma fé tal como a que Tú nos tem dado.
10 E à véspera desta pequena reunião aqui neste pequeno lugar memorial, em
comemoração de nosso primeiro avivamento que tivemos aqui. E as grandes, poderosas
obras que Tú nos mostraste por Tua grande mão poderosa. Desde aqui tem saído um
avivamento a cada nação, e ao redor do mundo esta noite, fogo de avivamento estão
ardendo nas colinas, e homens e mulheres estão sendo curados de suas enfermidades, e
estão chegando a familiarizar-se com o vivente e verdadeiro Deus. Oh, Senhor Deus,
verte Teu Espírito sobre nós nesta noite, Senhor, em grandes medidas. E se assim Te
agrada, Senhor, se está em Teu programa Divino, nós pediríamos, Oh Deus, que neste
edifício Tú comeces a operar este novo dom, para que estes a quem tem ficado atrás, nos
campos, e tem sido os guerreiros de oração, possam ver pela primeira vez, a grande mão
de Jeová movendo-se nesta nova maneira (concede-o, Senhor), e ser participantes dos
frutos.
11 Nós apenas pedimos humildemente, que seja concedido aqui, sabendo que isto
será em algum lugar, porque sentimos que está em Tua grande providência assim o fazer.
Agora, abençoe-nos, Senhor, enquanto abrimos as páginas do Livro, Tua bendita e
Santa Palavra, que possam nossos espíritos estarem abertos para recebê-la, Senhor. E
quando o serviço termine nesta noite, e nós voltarmos aos nossos diferentes lares,
possamos dizer como aqueles que vinham de Emaús: “Não ardiam nossos corações, esta
noite, enquanto Ele nos falava no caminho?” Pois pedimos em Seu Nome e para Sua
glória. Amém.
12 Esta noite, tenho escolhido como Escritura para ler, somente alguns poucos
versículos, se vocês desejam abrir a Bíblia no Livro de Reis, 1º Reis o capítulo 18 de 1º
Reis. E quero começar lendo do versículo 17. E quero tomar então como texto:
“Levantando e tirando-O da História.” Agora, vocês que estão anotando, vou dizer
outra vez: “Levantando e tirando-O da História.” Agora o versículo 17 do capítulo 18
de 1º Reis.
E sucedeu que, vendo Acabe a Elias, disse-lhe Acabe: És tu o perturbador
de Israel?
Então disse ele: Eu não tenho perturbado a Israel, mas tu e a casa de teu
pai, porque deixastes os mandamentos do Senhor, e seguistes a Baalim.
Agora pois envia, ajunta a mim todo o Israel no monte Carmelo; como
também os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal e os quatrocentos profetas
de Asera, que comem da mesa de Jezabel.
Então enviou Acabe a todos os filhos de Israel: e ajuntou os profetas no
monte Carmelo.
Então Elias se chegou a todo povo, e disse: Até quando coxeareis entre
dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e se Baal, segui-o. Porém o
povo lhe não respondeu nada.
13 Estamos nesta noite no extremo, e vendo cumprir-se, e desenrolar-se, duas grandes
cenas. E aquelas duas grandes cenas são estas: Uma delas é a história chegando a seu
fim, e a outra é o tempo chegando a seu fim. E muitos grandes homens por todas as eras,
tem anelado ver esta hora que agora nós estamos aproximando. E enquanto vivemos
neste glorioso cenário do sol mortal e à alva da Luz Eternal... sinto que estamos vivendo
em uma das eras mais grandiosas que ao homem se tem permitido viver, porque é o fim do
tempo e o tempo misturando-se com a Eternidade. A história unicamente nos diz o que
temos lido, o que tem sucedido. E o que está no futuro, está na mão de Deus. E nos
damos conta hoje que, não há muita história que está sendo escrita, porque eu creio que
jamais será usada. Ambos eventos estão chegando à seu fim. Por exemplo, o... Como
estamos chegando ao último da crise nacional, E a segurança está chegando a seu fim.
14 Viajando ao redor do mundo, parece que não é somente nossa nação, porém não
há nação que saiba o que fazer. Parece que há uma confusão em todo lugar; eu vou a
África, eles estão temerosos de um levantamento entre o povo, e o comunismo está
esparramando-se pelo país. Eu vou a Suíça, a mesma coisa. E todas as outras nações que
tenho visitado, parece que há uma paz instável.
15 Agora, sabemos que nosso Senhor predisse que tal tempo viria, que haveria
distúrbio entre as nações, tempos perplexos, angústia entre as nações. E temos tentado
tudo que é aparentemente, humanamente possível para que dure um pouquinho mais de
tempo. Porém eu creio que estamos no último. Eu não creio que haja algo mais que
possamos fazer a respeito. Estamos no fim dele. Nós tentamos por um tempo ter reis, e
não funcionaram. Eles tentaram a democracia; isso não funciona. E nós tentamos... Eles
tem tentado com as ditaduras; e isso não funciona. E parece ser, que cada um se aproxima
cada vez um pouquinho mais ao fim. E agora, estamos no grande momento quando tudo
poderá suceder. Poderá chegar a seu fim, em um lapso de tempo de cinco minutos, e que
cada nação poderá ser reduzida ao pó. E se estamos nesse tempo, onde deveria estar a
Igreja? Uma grande crise...
16 Logo então, temos uma crise na vida do lar. Aparentemente essa vida do lar está
por chegar a seu fim. Frequentemente em um lar, o pai, a cabeça do lar, se sentava de
manhã, e falava com sua família, e todos eles tiravam uma velha Bíblia da família, e liam
somente um pouquinho, e--e todos se reuniam ao redor da mesa, e oravam. Vocês já não
vêem isso mais. E quando o dia terminava, e mamãe tinha os pratos lavados, todos eles
se reuniam, e liam um pouco mais da Bíblia, e oravam antes de deitar-se. A delinquência
juvenil era certamente uma coisa difícil de encontrar naqueles dias. Os moços todos
saíam aos campos a trabalhar, e as moças ajudavam a mamãe a lavar, no arroio. Porém
hoje, somente pressionamos um pequeno botão e todos os pratos estão prontos, e a
05 06
mamãe entra no automóvel e vai à festa de cartas, ou saem, andando daqui para ali nas
ruas. E--e o trabalho tem sido feito por um trator e não temos nada senão um montão de
gente preguiçosa, ociosa. E a vida do lar está tão descuidada, que a Bíblia tem sido
esquecido a tal grau, que tem que buscar por uma hora para encontrar Uma em muitos
lares na América.
17 Vão à igreja ao domingo pela manhã para sua religião, aproximadamente vinte
minutos. Desde que o pastor tome aproximadamente trinta minutos, a mesa diretiva o
aprova. O que é isto? A vida do lar está chegando a seu fim. Era de costume que o pai e
a mãe se amavam, e honravam, e cuidavam um ao outro. E quando ela chegava a ser
anciã, e de cabelos grisalhos, e enrugada, e sua pobre face velha toda seca e seus
óculos caídos sobre seu nariz, o pai a amava tanto como a amou quando ela era jovem e
formosa. Porém hoje... eu não quero ser crítico, porém quando ela fica um pouco velha,
ele a troca por um modelo novo. Parece ser dessa maneira, como trocar de automóvel ou
algo. Parece que esse real amor familiar já não existe mais. Algo tem sucedido; a vida do
lar está chegando a seu fim. Não temos o antigo lar Americano como costumávamos têlo,
muitos anos atrás. Há outra coisa que eu gostaria de dizer, que há outra coisa que
está chegando a seu fim, é a amizade. Não temos mais os amigos que tínhamos. E os
amigos que temos não são amigos fiéis como costumavam ser. Costumava-se... me recordo,
que quando alguém ficava doente na vizinhança, todos vinham, e os ajudavam em todos
os seus afazeres, e ajudavam em tudo o que podiam fazer. E ficavam de pé com eles toda
noite noite após noite. Frequentemente tenho dito, é verdade, nem sequer sabemos que
o vizinho está morto, até que lemos no jornal. Amizade...
18 Papai tem uma chave da casa, e mamãe tem uma chave, e ambos saem e se vão no
meio da noite; e os filhos, não sabem onde estão. E os pequeninos estão com a babá. E
essa é a maneira que se vive a vida. Vocês sabem que a Bíblia prediz todas estas coisas.
O que é isto, então? É que estamos parados em uma posição na qual estamos vendo
estas coisas chegando a seu fim.
19 Tomamos a vida da igreja. Ali é onde tudo começa. A vida da igreja está para
chegar a seu fim. As pessoas somente tomam a igreja hoje, quase como um ídolo, como
um poste de Tótem [coluna com figuras feita pelos índios americanos. — Editor]. Vão e
se sentam na igreja por cinco minutos, e dizem: “Já cumpri com minha religião”, pagam
sua pequena contribuição, não importa qual seja, para pagar ao pastor. Eles não recolhem
o suficiente; eles fazem uma pequena ceia, para pagar o pastor. E se ele não está satisfeito,
ele se vai a outra parte onde lhe dêem um melhor salário. Tal parece como se o pastor já
não está mais Divinamente chamado. Isto chega a ser somente um ticket de refeição para
o pastor, assim que aonde as pessoas lhe oferecem mais dinheiro, é ali onde ele vai. Não
deveria ser dessa maneira. Deveria ser um homem que foi chamado de Deus para uma
comunidade. E se ele tivesse de estar ali como Elias o fez, no cume da montanha, no
arroio de Querite, e esperar que os corvos o alimentassem, ele deveria estar até que sua
missão Divina fosse cumprida. Não importa se ele recebe um centavo ou não, o chamado
de Deus deverá ser primeiro. Porém, ao que parece, mudou ao chamamento do dinheiro,
ou ao de uma maior posição, ou algo nessa ordem, ou de chegar a ser uma pessoa mais
popular e uma igreja maior, ou algo como isso. E logo, a igreja em sua... eles a têm
deixado. Eles têm começado a chegar a seu fim. Observem-no desenrolar-se.
20 Agora, eu todavia não tenho cinquenta anos de idade, e posso recordar quando
ia à igreja Batista, e às igrejas Metodistas, e as assistia em um avivamento antigo quando
eles clamavam, e louvavam ao Senhor, e andavam pelos corredores para cima e para
baixo, persuadindo aos pecadores ao altar. Vocês já nunca vêem isso em nenhuma parte.
Eles costumavam ter reuniões de oração à moda antiga durante o tempo do avivamento.
E quando havia um pecador na vizinhança, ou um moço ou uma moça, essas mamães e
papais oravam tanto, até que a convicção pela oração chegava àqueles filhos. E eles iam
ao altar, e dali a Cristo. Porém vocês não vêem mais isso. Parece que está chegando a seu
fim. Não parece que deveria ser dessa maneira. Ocorria com frequência o que faziam a
maioria das igrejas... muitos anos atrás, quando havia um avivamento em uma igreja,
todas as outras igrejas cooperavam. E vinham e ajudavam, e enviavam seus membros ali,
e fechavam suas igrejas, e tinham um avivamento. Você já não vê mais isto. Agora, o que
tem sucedido? O que você vai fazer a respeito? Somente é o cumprimento da Palavra
vivente de Deus.
21 E isso aponta à dois postes: Um deles, o tempo chegando à seu fim; e o outro, a
Vinda do Senhor Jesus. Pois o Espírito Santo definitivamente falou e disse: “Nos útlimos
dias as igrejas seriam obstinadas, orgulhosas, amantes dos deleites mais do que de
Deus, desleais, caluniadores, sem temperança, e aborrecedores do bem”. Assim que se a
Bíblia tem predito que haveriam tais coisas, como podemos esperar algo mais, exceto
que aconteça? “Tendo uma forma de piedade, e negando a sua eficácia”. Vá através
dessa nação hoje, nossa nação, e encontre um punhadinho de crentes que creem; me
refiro, à verdadeiros crentes que creem que Jesus Cristo realmente vive. Vê? Eles têm à
igreja como um ídolo. Temos passado por isto, nos últimos dias de nosso ensinamento.
Falamos da igreja Católica, seus ídolos, e como se inclinavam ao passar pela igreja. E os
Protestantes são iguais--eles apenas vão ali de vez enquando. E talvez algum deles
somente vão uma vez ao ano, e isso é na Páscoa.
22 Escutei a um ministro aqui na cidade, não faz muito tempo, que fez esta declaração,
ele disse: “Disse à minha congregação na manhã de Páscoa, ‘Feliz Natal’”. Disse ele:
“Pois não os veria mais até o Natal ou a Páscoa seguinte. ‘Feliz Natal!’” E enquanto
parados aqui, olhando estas coisas desenrolar-se, e cada um de nós mortais--sabendo
que algo tem que suceder, não pode seguir desta maneira. Toda pessoa não tem tempo
de parar por cinco minutos. Eles vão empurrando e correndo e apurando-se e
amontoando-se, pela rua. Quando os meninos vinham pela estrada esta tarde, eu vinha-
-ou meio dia era--eu estava vindo de New Albany. E vinha ali uma senhora dirijindo
entre esses meninos como aproximadamente... em uma zona de vinte milhas (32,18 Km.
— Tradutor), como que a sessenta ou setenta milhas por hora (96,54 Km. e 112,630 Km.
— Tradutor), respectivamente tão veloz como ela podia. E aonde ia? Em alguns minutos,
eu disse à pessoa que estava comigo: “O que você acha disso?” E aqui vinham mais dois
carros correndo, apostando corrida, como carros de corrida, ali entre esses meninos. A
rua onde nós vivemos, de manhã, é como uma pista de corrida. Tem que apressar-se à
chegar em casa, para lavar os pratos, ou escutar Arthur Godfrey, ou algo. Onde vai
você? Qual é o problema? O que vai mal com tudo isto, são homens e mulheres que tem
07 08
chegado a ser amantes deste mundo. A maior coisa deveria ser, seria, chegar em casa
para ler a Bíblia e-- tomar tempo para orar.
23 Penso da mãe de João Wesley, Susana. Ela foi mãe de dezessete filhos. Ela tinha
tempo para dispor, e eu penso, eram duas ou três horas diariamente em oração, e criou,
e atendeu a dezessete filhos... dos quais saiu um dos maiores pregadores do mundo, e
um dos maiores escritores de louvores do dia, Carlos e João--porque ela tomou um
tempo para servir à Deus e não para perder tempo nas coisas do mundo. E quando temos
visto o fundamento de nossa nação, o fundamento de nosso lar, o fundamento de nossa
igreja, afundando-se, então irmãos, que podemos fazer? Então, quero dizer isto. Oh, se
eu tivesse uma voz que fizesse eco neste mundo, nós temos um fundamento sólido que
tem ficado, e esse é a bendita Palavra de Deus, Santa Palavra, a Bíblia. “Pois céus e terra
passarão, porém a Palavra de Deus nunca passará. E sobre esta Rocha...” Deus disse:
“Edificarei Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela”.
24 Então que grande privilégio é para todos nós, estender a mão e tomar a boa e
velha Bíblia de Deus, e virar as páginas, e saber que estamos lendo diretamente a Verdade,
e ver que estes tempos sucederam em dias passados, pois fala de um Deus histórico. E
a única maneira que temos--para enfrentarmos estas situações ou para--para alinharmos,
é chamar e tirar da história a esse Deus histórico. Pois por todas as eras, na destruição
antidiluviana, antes da Vinda de Cristo, e em diferentes eventos, Ele nunca falha, quando
O chamam. Ele sempre está certo.
25 Estou pensando de uma ocasião agora mesmo, de quando uma nação estava em
cativeiro. Era Israel. E eles estavam no Egito e era difícil e rigoroso servir aos Egípcios.
Parecia como que todos se haviam esfriado. Vocês sabiam que Israel esteve no Egito o
dobro do tempo que os Estados Unidos tem sido uma nação? Nós não temos mais de
cento e cinquenta ou setenta anos de idade, ou algo assim. E eles estiveram quatrocentos
e vinte anos em escravidão--ou lá no Egito. Porém veio um tempo, quando parecia que
todas as esperanças se haviam perdido, porém havia um homem e uma mulher que parecia
ter fé em um Deus histórico, que falou a Abraão no tempo da crise, e eles creram que
podiam chamá-lo e que Ele responderia. E eles foram Anrão e Joquebede, a esposa de
Anrão--a mãe e o pai de Moisés.
26 E aqui, há algum tempo atrás, eu estava pregando, e dei uma pequena ilustração,
de como Anrão vinha para casa à noite, e dizia: “Joquebede, estou tão cansado”. E com
os açoites vivos em suas costas, do látego de-de um capataz... E ela se assentava
pacientemente, talvez, e lavava os lugares, e chorava, e dizia: “Oh, Anrão, não há algo
que possa se fazer?” Agora, nós poderíamos ouvi-lo dizer: “Oh querida, se tú houvesse
estado comigo hoje, e vê-los golpear aos moços jovens, tentando carregar aquelas
cargas. Porém não tinham coração. Eles os tratavam como se fossem animais. E esses
são nossos homens jovens de Israel... Não há algo que se possa fazer?” Isso é o que me
pergunto nestes momentos. Ao ver a nossos moços adolescentes, os homens e mulheres
do amanhã, nossos adolescentes de hoje. O cabelo comprido até suas nucas, e suas
calças baixadas até suas cadeiras, com uma pistola metida ao seu lado, um cigarro do
lado de suas bocas. Que será? Isso é todavia escravidão do Diabo.
27 Não há algo que se possa fazer? E Anrão, talvez um dos únicos da nação, que
subia alguns pequenos degraus, apesar do cansaço que ele estava, e ali cada noite ele
orava à Deus de Abraão, Aquele que ele havia aprendido, que veio à Abraão, que veio
a Jó, e veio a Isaque, e veio à Jacó nas horas de angústias. E seguramente, se Ele era
Deus no dia deles, Ele seria Deus neste dia. E se Ele foi Deus nos dias de Moisés, Ele é
Deus hoje. Ele somente necessita ser tirado da história, e ser chamado à cena de ação. E
posso ver Anrão, noite após noite, não importa quão cansado... aquilo provou sua fé
nesse Deus. Porém hoje, as pessoas, se eles não recebem tudo o que pedem pela primeira
vez que oram, parece que eles pensam que Ele está morto. O que nós necessitamos hoje
são homens e mulheres de espírito valoroso, homens e mulheres que estão determinados
a esperar, até que eles vejam um Deus que realmente vive, entrar em ação, que não
tomarão um não, como resposta. Eles estão determinados à ficar com isto.
28 Se estão enfermos, e o médico tem dito que não há cura, todavia Algo dentro
deles diz que vão ser curados, agarram-se, não importa o que suceda. Você tem se unido
às igrejas do mundo da denominação, depois de haver perdido toda sua força em caminhar
de lugar em lugar, e todavia não pode encontrar descanso? Todavia há um Deus que
responde a oração e salva do pecado.
29 E como podemos ver Anrão, nessas noites fatigadas, as costas sangrando, subindo
as escadas outra vez, orando até as duas ou três da manhã, e parecia que ele estava
falando ao vento; ali dentro de seu coração Judeu estava ardendo uma fé, que nenhum
vento de dúvida podia apagar nunca. Esse é o tipo de homens e mulheres que
necessitamos que se levantem em cena hoje. Se Ele não responde nesta noite, Ele
responderá amanhã à noite. Se Ele não responde neste ano, Ele responderá no próximo
ano. Pois, Ele é Deus... não “um” deus... senão “o” Deus. E nós vemos noite após noite,
como Anrão subia os degraus, e Joquebede subia aonde ele estava e dizia: “Anrão
querido, tem estado aqui em cima orando toda a noite. Por que não diz a alguns dos
moços onde tu trabalhas, e os deixas orar por um tempo?” “Bem, querida, e se por acaso
eles não fizerem isso? Alguém tem que fazer. Alguém tem que orar e fazer contato”. Essa
é a maneira que cada Cristão deveria sentir esta noite; não esperando por alguém mais,
mas tomar a dianteira nós mesmos, e fazer contato.
30 Se nós cremos que a Bíblia é uma história, é também um Livro profético que diz
que esse mesmo Deus se levantará nos últimos dias. E é o tempo que Ele tem que vir em
cena. Isso é o que Anrão sabia, que Moisés havia profetizado, ou... não Moisés, perdoeme.
A Abraão se havia dado uma promessa por este Deus de história, Quem não havia
respondido uma oração em quatrocentos anos, até onde nós temos conhecimento. Porém
Ele fez uma promessa que Ele os tiraria. E, igualmente, temos tido um Deus silencioso
por muito tempo. Porém a hora tem chegado quando Ele irá levantar-se em cena. Uma
noite quando Anrão havia orado, talvez, por muitos anos. E seu cabelo agora estava
grisalho, e não havia libertação, mas que estava se tornando pior, uma noite ele chegou
ao miolo do assunto. Assim é como temos que fazê-lo. Chegar ao miolo do assunto. Ele
disse: “Deus, Tú prometeste isto, e temos esperado ansiosamente por isso. E vemos
todos os sinais aqui, e o tempo está à mão. É tempo para que Tú faças algo a respeito”.
Enquanto ele estava numa oração de concentração profunda, orando com todo o seu
09 10
coração, ele olhou, parado na esquina. Ele arregalou seus olhos e olhou outra vez. Ali
estava parado um Anjo com uma espada desembainhada. Ele disse: “A libertação está
a caminho. E tú trarás um filho ao mundo, e ele será o libertador”. Vê? Deus sempre
responde a oração, não responde? [A congregação diz: “Amém”. — Editor] Se
esperamos!
31 Quando Moisés guiou aos filhos de Israel, pelo deserto, e chegou ao Mar Vermelho,
e as montanhas de um lado, e o deserto do outro, e o exército de Faraó, deste lado, e o
Mar Vermelho adiante deles, ficaram encurralados. Parecia que até a natureza clamava.
Que vai suceder? Estão acabados; o exército de Faraó, com dez milhares, para destruílos.
Porém que fez o povo? Começaram a murmurar e a queixar-se. “Oh, houvera sido
melhor se houvessemos ficado ali em nossa casa onde estávamos”. Porém havia um
entre esse povo, o qual tinha a chama da fé de Deus ardendo em seu coração, o qual cria
que o Deus histórico podia levantar-se em cena de qualquer classe de dificuldade. Moisés
parou com suas mãos levantadas para Deus e orou, até que o Deus da história se levantou
em cena para ser um Deus do dia presente. E Ele abriu o caminho, e Israel atravessou o
mar em terra seca.
32 Oh não muito depois disso quando Josué guiou ao mesmo grupo, ou seus filhos,
através do Jordão. E foi no mês de Abril, quando as correntezas estavam elevadas, e o
Jordão tinha aumentado cinco vezes mais seu tamanho. Qualquer bom líder militar lhes
haveria levado à um lugar diferente deste. E foi nesse mesmo momento, quando não
havia uma possibilidade de cruzá-lo, porém Josué lembrou, que havia um Deus de história,
quarenta anos antes, que abriu o Mar Vermelho. E ele clamou a este Deus, e esse Deus
desceu em grande poder, e veio a ser um Deus em uma crise presente, e o Jordão, foi
aberto e eles atravessaram.
33 Foram muitos anos depois, quando nosso texto de leitura, nesta noite, nosso
tema de leitura, quando Elias havia visto o curso dessa nação e estava em cima da
montanha... e por centenas de anos ali não havia oração respondida em Israel. Ainda
assim, Elias soube que havia um Deus de história que podia vir em cena. E ele desafiou
ao mundo incrédulo que parasse na Presença deste Deus e ver qual responderia com
fogo. E o Deus, que protegeu aos jovens Hebreus do forno ardente, fez descer fogo e
consumiu o sacrifício. Foi também não muito tempo depois disso, que um homem chamado
Lázaro havia morrido. E houve um Deus que todavia vivia, que pode levar à Enoque ao
lar sem ainda ver a morte, e levantar a Elias em uma carruagem de fogo, e Ele foi chamado
à cena na hora escura da morte, e Ele atuou da maneira que Ele atuaria todo o tempo. No
entanto Ele era um Deus de história, porém foi tirado da história para uma crise presente.
Foi na porta de Jericó, onde um homem cego sentado no caminho, clamava. Todas as
esperanças se haviam perdido; os médicos não podiam fazer nada por ele; havia gasto
seu dinheiro. Não havia ficado nada para ele, senão sentar-se ali e sonhar por uns
poucos dias, até que a morte lhe desse um doce descanso. E um dia, vindo pelo caminho,
um Deus de história veio à cena em uma crise presente. Deus abriu os olhos do cego.
34 Foi na casa de Jairo, quando os doutores haviam falhado, e entregaram a pequena
menina a--para ser--para a morte. E a morte havia vindo, e tomado sua vítima, e havia
tomado a única filha do lar, a pequena menina de doze anos, e a colocou num sofá.
Quando um pequeno pregador, de coração quebrantado teve que deixar sua denominação
e a todos seus amigos, lembrou que havia um Deus de história que podia levantar aos
mortos. E ele O foi buscar. “Buscai e encontrareis; batei e abrir-se vos-á; pedi e dar-sevos-
á”. Ele ainda é o mesmo Deus.
35 Quando esse Deus, habitando em um corpo chamado Jesus, o Filho de Deus,
quando Ele foi chamado em cena, tirado da história, o Deus que podia levantar ao morto
no Antigo Testamento, trazer vida a um bebê morto através de um profeta, aquele Deus
não pode morrer. Ele é Deus eternamente. Aquele bebê posto ali na cama, estendido, e o
pequeno Jairo, sabendo que a Sunamita teve seu bebê ressuscitado, ele disse: “Aquele
Deus de história, se Ele puder ser chamado em ação novamente, Ele é o mesmo Deus
hoje”. E buscando--ele havia ouvido de um homem--Homem que afirmava ter o poder, e
esse era Jesus de Nazaré, o qual todos odiavam. Porém ele O chamou à cena, pois Ele era
o representante mais próximo que ele podia encontrar de Deus nesse dia--o Deus de um
Deus vivente. E quando Ele foi chamado à cena, e o Deus histórico foi chamado, Ele
atuou da mesma maneira que fez quando Ele falou à Elizeu desse bebê morto.
36 Permita-me dizer mais hoje, meu irmão, irmã, neste dia presente, quando as crises,
e quando o câncer está comendo ao mundo, e enfermidades de toda classe, o mesmo
Deus histórico que limpou ao leproso, curou ao enfermo, e levantou ao morto, é o mesmo
Deus de hoje. Ele está esperando ansiosamente para que Seu povo O chame à cena de
ação. Aquele que podia perdoar a uma prostituta por cometer adultério sete vezes ao
dia, Aquele que podia limpar aos pecadores mais vis e fazê-los brancos como o lírio,
esse mesmo Deus de história vive hoje para limpar cada coração enegrecido pelo pecado
e incredulidade.
37 Houve um homem que tinha um filho com epilepsia, e o levou à igreja. E os discípulos
dançaram, e gritaram ao redor dele por um momento, e não puderam curá-lo, porém
estava ali um Deus de história que ainda vivia. Ele estava determinado a encontrá-Lo.
Vendo-O descer da montanha, ele correu para Ele, e disse: “Senhor, tem misericórdia de
mim. Um diabo tem tomado a meu filho, e o faz desfalecer e cair no fogo”. Jesus disse:
“Eu posso, se tu creres”. Se tu creres o que? Se tu creres, que o Deus de história ainda
vive hoje. E Ele foi chamado à cena, e a epilepsia deixou o menino. Aquele mesmo Deus
vive hoje. Quando as igrejas tem falhado, quando a política tem falhado, quando tudo
demais tem falhado, e o homem tem falhado, e tudo tem falhado, Deus não pode falhar.
Ele é o Deus desta Bíblia antiga de capa preta. Suas promessas são tão verdadeiras
como sempre foram, e é tempo de que Seu povo O chame, e O levante da história, porque
está escrito: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente”.
38 Ele é um Deus histórico. E Ele é um Deus do tempo presente. E nos últimos dias
Ele disse: “Eu derramarei de Meu Espírito sobre toda a carne. E sinais e maravilhas
seguirão aos que crerem. Pois em Meu Nome expulsarão demônios. Falarão novas línguas.
Pegarão em serpentes e se beberem coisas mortíferas, não lhes farão dano. E sobre os
enfermos porão suas mãos, e os curarão”. Aquele é um Deus histórico que dá a promessa,
e nós somos o povo de Seu pasto. Somos as ovelhas do Seu redil, e Ele está esperando
que nós paremos e O chamemos em ação. Chamá-lo à cena. Observe-O entrar em ação.
Observe-O fazer o supremo. Observe-O fazer coisas que o homem se maravilhará, e
11 12
coçará sua cabeça e não entenderá. Ele é um Deus histórico, é um Deus do dia presente.
Ele está esperando ser tirado da história.
39 “Não olhemos a Ele como tal. Que bem nos faz um Deus histórico se Ele é
unicamente um Deus histórico?” Que bem haveria feito um Deus histórico à Anrão e à
Joquebede? Que bem haveria feito um Deus histórico à Moisés? Que bem haveria feito
um Deus histórico à Lázaro? Que bem haveria feito--um Deus histórico ao cego Bartimeu
no portão? E que bem faria um Deus histórico a você nesta noite, se não é Ele o mesmo
hoje? Ele é o mesmo hoje. Ele perdoa todos nossos pecados, e cura nossas enfermidades.
O Deus histórico, tirado da história, Ele brilhará neste ultimo dia. O que? Quando o
tempo está por finalizar, quando a política está por finalizar, quando a vida está por
finalizar, quando tudo está chegando a seu fim, Jesus vem à vida. Quando tudo tem
chegado à sua condenação, Ele ainda brilha, o Lírio dos Vales, a Estrela Resplandecente
da Manhã. Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente. Somente clame à um Deus
histórico, e observe-O chegar a ser um Deus presente, tirado da história, para brilhar
igual o que Ele fez naquele tempo. Ele atuará igual. Ele obrará igual. Ele perdoará igual.
Ele curará igual. Sua compaixão é igual. Sua vontade é igual. E Seu Poder é igual. Ele é o
mesmo. Ele está esperando por nosso...
40 Você não pode chamá-lo com seus lábios. Ele não vem por serviço de lábios. Ele
vem por fé. Quando sua fé, não sua oração longa, ou curta, porém Ele vem através dessa
pequena e débil fé ali bem dentro de sua alma, que pode agarrar-se e dizer: “Aquela
pequena dor que tem sido... que trouxe-me ao tabernáculo nesta noite, pode iluminar a
minha alma novamente, pode enviar-me longe daqui, incendiado e cantando, como os
pássaros no ar”. Por que? Ele é um Deus histórico e um Deus do dia presente. Ele está
esperando para ser chamado. Chame ao Senhor. Ele o escutará. Fale à Ele em Salmos. Ore
a Ele e creia Nele. Ele responderá. E estas palavras lhes digo, para terminar, essa é a
razão desta reunião nesta noite, esta é a razão que esta reunião tem começado. Eu creio
que o Deus, que me tem dito faz vinte e sete anos, quando colocamos esta pedra angular,
faz tempo, que eu pregaria o Evangelho ao redor do mundo... Ele o fez suceder. Quando
eles riram e disseram: “Aonde vai, Billy, com tua educação de sétimo grau?” Eu disse:
“Eu vou no Nome do Senhor Jesus”.
41 Quando preguei meu sermão, antes de partir, há onze anos atrás, nesse púlpito, e
a Senhora Gertie sentada aqui, cantando, Somente Crer, e os grandes gigantes
permaneceram ao longe, como... quando preguei sobre Davi e Golias. Havia ciência, e o
grande mundo conhecido para condenar cura Divina, e envergonhá-la, e cada um dizendome:
“Moço, tu vais fracassar ali. Vão te lançar na prisão. Te farão isto, aquilo, ...”. Porém
o Deus de história veio à cena, ali, e me disse que o fizesse. E eu fiz, por Sua graça e Sua
misericórdia. Aquele mesmo Deus que era história há dez anos atrás, se tem levantado
em cena outra vez; tão seguro como Ele fez isso suceder, Ele fará isto suceder. Ele é o
Deus de história, e Ele é o Deus do dia presente. Ele nunca adormece ou dorme. Ele não
pode morrer, porque Ele não tem nem princípio nem fim.
42 Em seu caso, nesta noite, amigo pecador, esse pequeno tic-tac que está setindo
em seu coração, que diz a você que Ele é o mesmo, que diz a você que Ele pode libertálo
de toda carga, e cada crime, e de cada pecado que você tenha cometido contra Ele...
Em que pode você por suas esperanças? Nem sequer em seu próprio lar, nem sua esposa,
nem em sua família, mãe ou pai.
Toda minha esperança está
Em Cristo e sua santidade.
Quando em todo lugar há ansiedade;
É toda minha segurança.
Cristo é a Rocha Eternal,
Tudo que é terrenal
É movediço, arenoso.
Igreja, amigo, seja o que seja, todos eles estão chegando à seu fim, porém Ele vive
para sempre. E porque Ele vive nós vivemos com Ele.
43 O que você daria em troca? O que você poderia dar? Que seria se Deus chamasse
a você nesta noite para responder no Juízo? Que faria você a respeito? Você põe suas
esperanças na nação; está se partindo, como todas as outras. Você põe suas esperanças
em certas eleições que vem--Esses homens, eu não tenho nada contra eles, porém eles
são imorais e irão morrer. Você não pode por suas esperanças em absolutamente nada,
que vai sustentar-se, senão no Deus de história Quem prometeu que se levantaria. E
algum dia bendito, eles poderiam levá-lo e lançar a terra sobre você, o coveiro, porém o
Desenterrador virá num desses dias. O coveiro o porá dentro da terra, porém o
Desenterrador o tirará com toda segurança. Aqueles que estão mortos em Cristo, Deus
os trará com Ele quando venha. Porque Ele é um Deus de história agora para muitos, mas
Ele será um Deus do dia presente quando você o aceite a Ele como seu Salvador, e
realmente encontrá-lo em seu coração. Haverá Algo em você que lhe diga... Você poderia
não estar emocionado; você poderia não chorar; você poderia não falar em línguas;
você poderia não correr; você poderia não gritar, porém algo sucederá, que você saberá-
-que você saberá que algo tem sucedido. Sua vida falará de acordo com isso, enquanto
que você o viva. E quando a última hora venha e você deixe este mundo, você não
temerá nenhum mal, “Porque Tu estás comigo. Tua vara e Teu cajado, me confortarão”.
Quando o médico, o tem desenganado, e se vai, e as veias vão se esfriando...
44 Como o Senhor Vaught a outra noite, nosso notável ex-presidente municipal aqui
da cidade, foi escutar o Senhor Nixon falar--e morreu, ali em cena. Um homem bom,
saudável, até onde eu sei. Saí daqui, regressei, minha esposa me disse: “Billy, sabias
que fulano-de-tal morreu?” Outro dia, minha filhinha estava sentada ao lado de uma
menininha aqui na escola, na quinta-feira, e no domingo, a enterraram. Teve pneumonia,
e complicou seu coração ou algo, e ela... a matou. Morreu. E uma amiga minha, Senhora
Williams, a esposa de Buck Williams... eu o conheço por alguns anos. Zella Brakeman,
ela está aqui, no edifício em algum lugar, é sua irmã. Que viveu aqui próximo por anos,
quando vivíamos do outro lado da rua. Ela morreu. Ela havia estado um pouquinho
nervosa; porém ela havia morrido quando eu regressei. Vêem o que é isto? Algum dia
isto... você vai encontrar isto. E todo o dinheiro que você pode acumular, todos seus
amigos que você pode acumular... (Isso está bem), porém tudo isso, deixe que seja
secundário. Creia em um Deus de história, que é um Deus do dia presente, o mesmo; veja
o que Ele fará por você. A você que está enfermo e necessitado, os médicos lhe tem
13 14
desenganado e não pode fazer nada mais por você, lembre, o Deus de história é o mesmo
Deus hoje. Oremos, por um momento agora, com nossas cabeças inclinadas.
45 Se há alguns aqui nesta noite, eu não sei. Se há alguns aqui nesta noite, que
sabem que para a salvação de sua alma, que se esse Deus Quem prometeu que voltaria
num momento, num abrir e fechar de olhos, quando você menos o pensa, se você está
sem Ele, você somente está imaginando que você O tenha... lembre: “Há caminhos que
ao homem parecem ser direito, porém o fim deles é a morte”. Se você não está seguro
que--que você é salvo, nesta noite, e que se Ele viesse, você iria com Ele, você apenas
faria isso com o levantar de suas mãos para ele, dizendo: “Tenha misericórdia para
comigo, Deus?” Obrigado. Deus lhe abençoe. Muitas mãos foram levantadas. Haverá
outros antes que terminemos? Viria você... e oraríamos por você... Deus o abençoe,
jovenzinha. Não se envergonhe nestes momentos. Seguramente que não. Agora,
certamente... Que bem faria pregar um Deus de história, se Ele não é o mesmo hoje? E
irmão, irmã, eu digo isto. Eu lí de um Deus de história em uma ocasião. Eu lí sobre Ele em
livros; eu lí sobre Ele na Bíblia; mas um dia eu O encontrei.
46 Eu O encontrei. Ele veio a mim. Ele me disse que não bebesse, não fumasse e--e
não me contaminasse, e que Ele tinha algo para mim fazer quando eu crescesse. Eu era
somente um mocinho. Ele--Ele provou isso. Ele o fez. Sua fotografia está aqui agora
pendurada, quando a ciência a tomou. Vêem? O mundo sabe sobre isso. Ele tem provado
isto entre vocês. Ele conhece cada pensamento de seu coração. Ele mesmo Se tem
provado; Ele é o mesmo Deus hoje. Ele não é um Deus de história. Não seja somente...
permita que o mundo o cubra com o enegrecimento e a sujeira do mundo. Creia Nele
agora. [espaço em branco na fita — Editor] Levantaria sua mão, alguns que não o tem
feito, levantaria sua mão, e diriam: “Deus, eu não estou seguro a respeito, porém quero
estar seguro. Permita-me...” Deus lhe abençoe, jovenzinho. Em algum lugar... Deus lhe
abençoe, ali atrás, irmã. Deus lhe abençoe, irmão. Alguém mais? Deus te abençoe irmã.
Deus abençoe você ali, irmão. Correto. Você diz: “Irmão Bill, significaria algo para mim, o
levantar de minha mão?” Você levante sua mão, uma vez, e descubra. Sempre, irmão,
irmã, quando você faz tudo bem, você se sente bem a respeito. Seja honesto. Agora não
minta a Deus. Você não está mentindo a Deus; Ele sabe; você está mentindo a você
mesmo. Você sabe, uma mentira é uma coisa horrível, de tal maneira que eles podem leválo
às cortes federais, e cortes criminais, e colocar um detector de mentiras em seu braço,
e você pode tentar o melhor que pode para contar aquela coisa, fazê-la soar como a
verdade, porém seus nervos provarão que você está dizendo uma mentira. Por que? Você
não foi feito para mentir. E se um detector de mentira sabe, quanto mais Deus?
47 Bem, você diz: “Bem, irmão, eu sou um Batista, eu sou um Presbiteriano, eu sou
um Metodista...” Isso está bem. Estou perguntando a você uma coisa: Tem encontrado
você alguma vez à este Deus de história? Se parou Ele na sarça ardente diante de você,
e você o sabe? E Ele falou à sua alma, e você sabe que seus pecados se tem ido? Se isso
não é assim, não se arrisque somente unindo-se a uma igreja, ou ir ali e sentir-se um
pouquinho bem a respeito. Você tem que conhecê-Lo. Não somente escutar Dele, nem ter
Suas bençãos, que é Vida. Mas conhecer a Ele, é Vida: conhecer a Ele, pessoalmente
conhecer a Ele; Ele, pronome pessoal, conhecer a Ele. Não conhecer Seu Livro, não ser
um bom estudante, não ser um bom membro, ou um bom homem, ou uma boa mulher, isso
não funciona. A lei fez isso, mas para conhecê-lo-- Você tem encontrado Ele? Esse Deus,
que falou a Moisés na sarça ardente, tem parado diante de você? Tens ouvido Ele falar
a você, até que você soube que era Ele? Se não o tem feito, apenas levante sua mão,
diga: “Deus, fala-me agora. És Tu sussurando em meu coração? Eu--eu quero Te
conhecer”. Deus lhe abençoe, jovenzinho. Deus lhe abençoe, alí atrás; isso é bom. Muito
bem, alguém que não tem feito, muito bem. Deus lhe abençoe, irmã. Deus lhe abençoe,
jovenzinha, aqui. Isso é bom. Deus lhe abençoe, jovenzinha, aqui.
48 Quietamente agora, com suas cabeças inclinadas, sussurando suavemente.
Um dia glorioso, Cristo virá;
Um dia glorioso, as batalhas cessarão,
Alcançaremos a vitória, levantados seremos,
Um dia glorioso para mim e para ti.
[Irmão Branham começa a sussurar “Um Dia Glorioso” — Editor] Agora, vocês
que levantaram suas mãos, se desejam tanto minhas orações por vocês, e creem que
Deus me escutará, venham aqui no altar... permita-me parar-me aqui e orar com vocês um
pouco. O altar está aberto. Deus te abençoe, irmão. Deus te abençoe. Deus te abençoe,
irmã. Parem e venham, se vocês creem que Deus os ajudará e escutará minha oração,
para que eu lhes ajude a que venham a Ele, para que O conheçam, venham agora. Não
virão? Um dia Glorioso, Cristo... Como sabemos que não será amanhã? “As batalhas...”
Essa batalha que vocês estão pelejando, nestes momentos, não permitirá vocês que seja
conquistada nestes momentos, amigo... Permitam que seja conquistada agora mesmo,
para que vocês possam gritar a...
Um dia glorioso, por ti, e por mim.
Um dia glorioso, Cristo...
Mantenham-se em pé, muito bom, e façam seu caminho por aqui.
Batalhas são ganhas,
Alcançaremos a vitória, levantados seremos,
Um dia glorioso...
Não virá agora mesmo, enquanto esperamos? O ajudaremos aqui, em oração, a
oração da fé. Faz muito por nós. Não virá você? Estou persuadindo a você que venha,
aceite ao Deus do dia presente, Não somente um--um deus, que você vai à igreja e diz:
“Bom, me uni a igreja”. Esse deus não funciona. Um deus Metodista, um deus Batista,
um deus Presbiteriano, um deus Pentecostal, esses não funcionam. Tome ao Deus desta
Bíblia. Um deus Pentecostal se irá ao mundo. Um deus metodista, ou um deus Batista, ou
qualquer outro deus denominacional... Porém o Deus desta Bíblia, o fará como Jesus.
Certamente o fará. Seu Espírito habitará em você, e toda sua vida será mudada. Esse
temperamento, essa malícia, esse espírito de rancor, essa coisa, que gangrenará sua
alma em uma perdição Eterna. Eu somente estou lançando uma rede nestes momentos.
Depende de vocês. Entre nela, não farão? Abram caminho até o altar aqui. Muitos de
vocês levantaram suas mãos ali atrás. As pessoas que estão sentadas lhes deixará passar.
Deus lhe abençoe, jovenzinho.
49 Agora, enquanto ela somente toca a música, aqui estão parados alguns ao redor
15 16
do altar--Sete almas, que tem passado adiante para parar-se ao redor do altar. Sabia você
que sete é um número perfeito de Deus? Perfeição. O Espírito Santo acaba de descer em
uma pessoa parando-se aqui, bem agora. Isso é o que eu chamo de Espírito Santo, irmão.
Agora, Ele está aqui, para cada um de vocês. Somente sejam humildes em seus corações.
Que seria se esta fosse a última vez que você parasse ao redor do altar, esta seria a
última oração que você diria, agora mesmo? Jesus virá. Poderia tocar em sua porta antes
da manhã, você sabe. Você tem que ir algum dia. Se é que Ele é um Deus de tudo; Ele é um
Deus de história, e Ele é um Deus de hoje. Ele falou a você. Você se levantou aqui diante
Dele, para encontrá-lo. Você tem vindo aqui adiante para encontrá-lo; Ele encontrará a
você. Ele está aqui parado agora mesmo. Somente confesse em seu coração todo mal que
você tem feito. Diga: “Deus, tem misericórdia de mim pecador. Eu tenho feito mal, e eu
agora confesso com todo meu coração, que estou errado. Quero que Tu sejas
misericordioso comigo e perdoe meus pecados. Eu-eu te servirei o resto de meus dias. E
permita que este pequeno fogo, que está ardendo em meu coração, a pequena fé que me
fez vir aqui a este altar nesta noite, permita que se acenda no profundo de minha alma.
Permita que se acenda aqui agora mesmo, e algo ardendo me diga: “Sim, Tú vives, Jesus,
e eu Te amo. E eu irei te ver em cena nas seguintes horas, fazendo coisas, grandes
coisas. Eu estou tão contente de que passei adiante quando Tu falaste a meu coração.
Eu Te verei fazer que o câncer deixe as pessoas, que curas ao enfermo e ao necessitado,
escutá-los regressar testificando o que Deus fez por eles--um Deus de história Quem se
tem levantado da história, e é o mesmo hoje, vindo à cena, porque Ele vem esta vez para
ficar: Sua segunda Vinda”. Oremos. Vocês orem comigo, cada um de vocês.
50 Querido Deus, trago diante de Ti, neste momento, estes sete. A primeira noite
produziu sete estrelas errantes. Tu tens dito em Tua preciosa Palavra: “Ninguém pode
vir a Mim, a menos que Meu Pai o traga. E aquele que vem a Mim, não o lançarei fora,
mas lhe darei Vida Eterna, e o levantarei no último dia”. Senhor, esta é Tua promessa. E
por uma emoção, uma ação de convicção, estas sete preciosas almas errantes vieram
adiante nesta noite, porque elas creem que o Deus que falou--aos profetas, o Deus que
falou ao homem cego, Ele vive todavia hoje. E elas vieram adiante para conhecer a Ele.
Esse mesmo Deus que fez a promessa e encontrou ao leproso em seu próprio nível, quem
encontrou a mulher com fluxo de sangue na beira do rio, quem encontrou a morte na
tumba de Lázaro e o mudou, é o mesmo Deus nesta noite, O qual está aqui para encontrar
a esta morte espiritual, e mudá-la, e dizer: “Tira tuas mãos destes, os quais têm vindo a
confessar-me no galantear do Meu Espírito. Eu lhes darei Vida Eterna, e nenhum homem
pode tirar de mim. Eu os levantarei no último dia”.
51 Te damos graças por eles, Pai. E oramos que eles permaneçam fiéis em Tuas mãos,
até que a morte os faça livres, quando eles entrem no gozo do Senhor nesse grande dia,
quando a Ceia das Bodas tenha sido preparada nos céus, quando o Rei saia e diga:
“Lembrarão vocês aquele primeiro dia de Outubro de 1958, naquele pequeno tabernáculo,
de concreto? Vocês foram adiante e Me tomaram como seu Salvador. Eu lhes falei. Vocês
eram pecadores naquele tempo, porém agora Eu os salvei. E agora vocês são Meus, e
vocês tem Vida Eterna. Agora entrem no gozo que eu tenho preparado para vocês desde
antes da fundação do mundo”. Concede-lhe, Senhor. Eles são Teus agora. Os
encomendamos a Ti, no Nome de Jesus Cristo, Amém.
52 Agora com suas cabeças inclinadas, a audiência, vou perguntar a cada um de
vocês aqui no altar, sintam em seus corações agora, no mais profundo de suas almas,
que a pequena chama de fé que lhes disse que viriam aqui no altar, para fazer esse ato,
que agora vocês tem feito, depois de levantar suas mãos e vir adiante, sentem vocês que
essa pequenina chama tem começado a arder para chegar a uma real fé vivente em seus
corações, e vocês crêem agora que Jesus tem perdoado seus pecados, e vocês serão
Dele desde agora em diante? Se vocês crêem, levantarão sua mão direita à Ele? Os que
estão ao redor do altar, levantem sua mão direita, se sentem que Jesus tem perdoado
todos os seus pecados. Os que estão ao redor... Agora, há dois, três mãos que não estão
levantadas. Continuemos orando, todos...
==========================================================
Essa mensagem foi pregada originalmente em inglês
pelo profeta William Marrion Branham, em 1º de outubro de 1958,
no Tabernáculo Branham, Jeffersonville, Indiana - E.U.A.
Traduzida na íntegra do inglês para o português e distribuído por
A Voz do SÈtimo Anjo
Fone: 45 378-1077
E-mail: tribomaia@uol.com.br
CEP 85904-030 - Toledo - Paraná - Brasil
Caixa postal 396 - Assis Chateaubriand - PR - Brasil
(CORTESIA- WWW.FEPERFEITA.UBBI.COM.BR)

www.cnn.com

Este é um link para o site da empresa na qual trabalho:

www.trellix.com

Aqui está um link para o site de um amigo:

www.meuamigo.com.br